Planilha de Orçamento: Como planejar o seu Sim!


Sabemos que planejar um casamento do inicio ao fim não é um processo simples. Algumas vezes não sabemos ao certo por onde começar quando pensamos em organizar seja lá o que for, quando o tema não é algo corriqueiro. A verdade é que o segredo está no planejamento; com um escopo certo e organizado com certeza você será uma noiva com zero de cabelo branco e ruga.

Planejar financeiramente o casamento é o inicio da vida financeira do casal, neste aspecto não importa quem irá financiar. O importante aqui a maturidade e a responsabilidade dos dois aplicarem o recurso de maneira correta e sensata, algo muito desafiador. O pensamento deve visar no futuro, para que as despesas de hoje não seja o primeiro problema do casal. Este provavelmente será a evento mais dispendioso das suas vidas, desta forma é interessante que tudo seja pago até a data do seu casamento.

Definir um orçamento total, global e perseguir a meta orçamentária é o que te dará a diretriz para qual caminho seguir, que fornecedores contratar, onde e o que cortar. Envolva todos os “atores” desta cena e eleja o controlador do orçamento. O controlador deve ajudar a controlar as emoções, trazer a racionalidade para o centro da cena e fica atento com as armadilhas do eu mereço. Mas é claro que você merece tudo, entretanto faça uma lista dos seus merecimentos na elaboração do orçamento e não na execução.

1. Planilha orçamentária para um casamento

A primeira coisa que precisa fazer é abrir uma planilha no excel.  Este trabalho eu já fiz para lhe ajudar, então é só baixar. Fazer download.

2. Escolha o tamanho da sua festa

Some todos os valores que possuem para o casamento e estipule seu orçamento total:

Dica:

– Esse é o momento de definir suas prioridades de seus merecimentos e entender o que terá ou não no seu casamento.

– Pode usar o número de convidados como base para definir o orçamento total, ou seja, quanto mais convidados tiver na sua festa mais terá que investir, mas não necessariamente gastará menos se reduzir a lista de convidados.

3. Defina quanto dinheiro pode gastar

Na planilha possui todos os item que precisara em seu casamento, talvez com uma nomenclatura diferente, mas tem todos os itens. Conforme for inserindo as informações poderá ver o peso em percentual para cada item.

Lembrando que não poderá gastar mais que 27% com buffet ,15% foto e vídeo, 10% espaço e 20% com decoração, pois se usar mais do que o planejado irá ultrapassar o valor total que deseja investir.

4. Planeje a contratação de cada serviço

Fluxo de pagamento: Monte seu fluxo de caixa para os pagamentos, tendo como base o valor do fornecedor que quer fechar. A maioria dos fornecedores não financiam valores para após o casamento, então coloque na planilha os valores negociados com seu fornecedor.

Pagamento à vista às vezes pode parecer interessante pelo desconto, mas pode te deixar descapitalizado em um mês que terá que pagar vários outros fornecedores.

Se está se casando fora da sua cidade, não esqueça de considerar custos de frete e hospedagem para os fornecedores.

5. Agende

Agende todos os pagamentos: são tantos fornecedores e tantos pagamentos que pode acabar esquecendo o dia que foi acordado. Para evitar pagar multas, deixe tudo já agendado assim que fechar o contrato.

6. Resumo

Resumo de pagamentos: Na planilha de resumos de pagamentos terá as informações pertinentes para saber quanto ainda tem para gastar.

Um casamento pode variar muito no que tange a valores, tudo vai depender do empenho, sonho e bolso de cada um. As possibilidades são infinitas, mas você precisa saber onde e como cortar e o que não é prioridade para você.

Agora é com o você, faça o download da planilha e seja feliz...

Wagner Oliva fotógrafo de casamento.